Preciso preencher todos os requisitos da vaga?

Tempo de leitura: 2 minutos

Todo mundo que já procurou emprego passa pela dúvida. “Essa vaga parece tudo que eu sempre quis, mas a empresa pede:
…esse ou aquele conhecimento,
…alguns anos a mais de experiência,
…um curso que ainda não terminei.”

Para a sorte de quem está procurando emprego e já passou por uma situação como esta, uma pesquisa descobriu que ter metade dos requisitos da vaga é suficiente para ser considerado para a contratação.

Sobre os requisitos da vaga

A TalentWorks, empresa de recrutamento, analisou mais de seis mil anúncios de vagas e currículos, em 118 áreas de atuação diferentes. Eles descobriram que preencher todas as habilidades que a vaga pede é interessante, mas não é essencial.

Alguns resultados dessa análise são muito interessantes:

  • com 40% do que a vaga pede já é possível ser chamado para entrevistas
  • quem tem 90% dos requisitos que a vaga pede não tem chances maiores de ser chamado para a entrevista do que quem tem apenas 50%
  • para mulheres, as chances de ser chamada para entrevista já começam em 30% dos requisitos preenchidos

Ou seja, não completar toda a lista de exigências de uma vaga não deve impedir que você envie seu currículo, contanto que você preencha pelo menos metade dela. A pesquisa verificou que ter entre 40% a 50% dos requisitos preenchidos traz 85% a mais de chances de ser chamado para entrevista do que ter uma compatibilidade menor de 40%.

A pesquisa ainda mostrou que para mulheres essas estatísticas são mais favoráveis. Isso tudo levando em conta a tendência, no público feminino, a não demonstrar interesse a menos que a profissional seja 100% compatível com as exigências da vaga. Não deixem as chances passar!

Antes de candidatar-se à vaga, faça a seguinte análise

Primeiro veja se preenche aqueles itens que o recrutador não irá flexibilizar. Quase sempre eles aparecem da seguinte forma:

  • Requisitos fundamentais
  • Pré-requisitos
  • Conhecimento obrigatório
  • Mandatório o conhecimento em…

Se você preencher os itens obrigatórios, o restante das atividades e conhecimentos costumam ser flexíveis pelo recrutador. Quase sempre aparecem na descrição da vaga da seguinte forma:

  •  Será um diferencial
  • Desejável
  • Atividades
  • Conhecimentos desejados

Ao buscar recolocação, qualidade é muito mais interessante do que quantidade. Ou seja, enviar centenas de currículos, para qualquer oportunidade, não dá mais chances de recolocação porque falta direcionamento e perfil compatível. E isso também gera a frustração de não receber tantas respostas quanto o esforço exigiu.

Fazer essa análise mais criteriosa e cuidadosa contribui para que os esforços na busca por emprego tenham maiores chances de retorno. Conseguir encontrar oportunidades com um bom encaixe, mesmo que não seja 100%, é o caminho certo para conquistar um bom emprego.

Quer saber como conseguir o melhor emprego da sua vida? Clique aqui! 😉 

 

Leia também:

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.