Como escolher uma empresa para trabalhar

Tempo de leitura: 4 minutos

Quem está desempregado pode ficar surpreso e confuso com a ideia de poder escolher uma empresa para trabalhar. Afinal, com as contas chegando, fica cada dia mais urgente conseguir um emprego e, junto com ele, um salário. Mas abraçar a primeira oportunidade que aparece nem sempre é uma boa ideia.

Ter duas ou mais ofertas de emprego para escolher parece o cenário ideal depois de um tempo só recebendo retornos negativos. Só que a emoção do momento e a expectativa de estar novamente ativo no mercado de trabalho podem levar qualquer profissional a tomar uma decisão ruim.

Por isso, escolher o tipo de empresa onde se quer trabalhar deve começar antes mesmo de enviar um currículo.

Por que fazer a seleção antes de começar

A ideia principal da estratégia Sniper, que já ajudou muitos profissionais a conseguir melhores empregos, é a de não sair atirando seu CV para todos os lados. Sem estratégia, a procura por emprego é frustrante, cansativa e tem um impacto emocional negativo. Assim, escolher a empresa onde se quer trabalhar faz parte do processo desde o início para mirar naquilo que faz sentido para você.

Para escolher a empresa, você precisa conhecer as suas próprias expectativas sobre a sua carreira. Precisa saber o que você quer e o que está disposto a abrir mão para o emprego dos sonhos. E essa pré-seleção pode contar com a ajuda da sua rede de contatos.

Re-começar a busca por um novo emprego com uma lista de empresas que têm a ver com você é ter mais confiança de que depois de contratado você se manterá feliz no trabalho por mais tempo. As boas empresas querem que suas equipes funcionem bem e que seus funcionários estejam felizes. Há diversos estilos de gestão de pessoas, com certeza você se encaixa em pelo menos um deles.

Como escolher empresas que combinam com você

O que é importante para você relacionado ao trabalho? Fazer uma lista ajuda começar um comparativo entre o seu perfil e o das empresas onde podem surgir oportunidades. Outras perguntas importantes para essa etapa são:

  • Estou disposto a me mudar/ou viajar?
  • Flexibilidade de horários é importante pra mim?
  • Estou disposto a passar X tempo no trânsito todos os dias para ir e voltar do trabalho?
  • Estou disposto a me conformar a um código de vestimenta específico?
  • Um plano de carreira é fundamental para mim?
  • É importante que a empresa me ajude a evoluir e desenvolver novas habilidades ou estou disposto a fazer tudo por minha conta?

Há ainda muitos fatores que ajudam a entender se você será um bom encaixe no local de trabalho. Quem tem um perfil de participação ativa pode se frustrar em uma organização onde as decisões são feitas apenas pela diretoria. Quem gosta de uma rotina organizada vai ter dificuldades de se adaptar em um local onde os parâmetros mudam o tempo todo.

Saber o que você prefere e ter isso bem claro na sua mente, ou mesmo anotado em um pedaço de papel, é um investimento na sua carreira e na sua felicidade. Trazer o seu estilo, seus valores, para um lugar onde eles não são valorizados e não se encaixam é receita para decepção. Nesse caso, o emprego tão esperado, que você se esforçou tanto para conseguir, se torna um motivo de insatisfação quando a fase da lua-de-mel e o encantamento inicial acabam.

Conheça as empresas antes de decidir

Pesquisar sobre as empresas antes do primeiro contato também traz vantagens na entrevista. Uma pergunta comum nos processos seletivos é “por que você quer trabalhar aqui?”. Ao propor essa questão, recrutadores querem saber o que atraiu você para aquela organização e como você pode se encaixar nela. Falar sobre os valores que vocês têm em comum deve fazer parte da resposta!

Nos sites das organizações há informações básicas sobre os negócios em que atua. Em geral, também é fácil encontrar na internet a declaração de missão, visão e valores das empresas. Mas essa busca é superficial e está ao alcance de qualquer candidato.

Se você não quiser ser apenas mais um candidato na concorrência, precisa ir além. E ir além não é apenas saber sobre as notícias relevantes para o segmento da empresa. Desenvolver o seu networking e conversar com quem trabalha ou já trabalhou naquele local é uma boa estratégia para saber mais e descobrir como é o dia a dia em diferentes setores.

Com todas essas etapas resolvidas e seus desejos bem claros na sua mente, fica mais fácil decidir uma empresa para trabalhar, seja antes de enviar seu currículo ou diante de múltiplas ofertas.

Veja o que a Fernanda disse sobre o que aprendeu com o Admirável Emprego Novo:

Se você quer começar agora a procurar emprego de um jeito que dá certo, assista essa aula gratuita!

Saiba mais:

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.