Como colocar trabalho informal no currículo e sair da informalidade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Nos últimos anos, o número de trabalhadores em empregos informais cresceu. Segundo o IBGE, o trabalho informal chegou a 37,3 milhões de pessoas em 2017. Esse número representa o mesmo que 40,8% da população ocupada, ou dois em cada cinco trabalhadores.

Profissionais que assumem posições informais ou mesmo autônomas, muitas vezes ocupam cargos temporários. Provavelmente você conhece alguém que faz bicos, entregas ou é motorista de aplicativo enquanto não consegue a contratação.

Esse tipo de oportunidade salva muita gente do aperto quando sabe onde encontrar vagas ou não tem resposta dos processos seletivos. Mas há também um lado ruim na informalidade: o mesma Síntese divulgada pelo IBGE mostra que alguns empregados sem carteira assinada recebem até 53% menos do que os trabalhadores da mesma área com CLT. 

Informalidade traz uma vantagem

Quem está em uma situação de informalidade e quer maior estabilidade deve sim continuar procurando emprego enquanto trabalha. É o mesmo caso de quem já está empregado e quer trocar de empresa ou de cargo.

Só que o trabalhador informal tem uma vantagem: circulação. É o caso de motoristas de aplicativo e muitas outras atividades. A circulação de pessoas durante o dia a dia é uma grande oportunidade para fazer contatos! Seria um desperdício não aproveitar isso para construir um networking de sucesso.

Ter bons contatos é uma excelente maneira de conseguir uma indicação.

No meu treinamento completo, eu explico o passo a passo para fazer um bom networking que rende muitas oportunidades. E mesmo se não chegar a esse nível de intimidade, seus contatos podem ter informações valiosas, como vagas que não estão sendo divulgadas ou empresas que você ainda não conhece que estão contratando na sua área.

E como colocar o trabalho informal no currículo?

Essa dúvida é muito comum entre todos os profissionais que entram em contato com a equipe do Admirável Emprego Novo: o que fazer com o buraco que ficou no meu currículo enquanto não tinha carteira assinada?

Uma maneira simples de responder essa dúvida é a seguinte: você não ficou parado, então deve mostrar no CV o que fez. Até os melhores profissionais do mercado se afastam da formalidade por um tempo, por diferentes razões. Recrutadores não discriminam candidatos por isso!

Todo mundo tem o direito de pausar a carreira formal, seja qual for o motivo para isso. O que realmente prejudica o seu currículo é não ter nenhuma estratégia para mostrar seu potencial e suas competências.

E o que você fez durante esse período longe da CLT pode ser a luz que vai destacar suas competências aos olhos dos recrutadores. Se você fez trabalho autônomo, se atuou com vendas, se passou um tempo estudando para concursos, se tirou um tempo para ficar com os filhos e muitas outras situações. Tudo isso é muito positivo se você souber como mostrar que essas atividades fizeram de você um profissional melhor. 

Quem passa um tempo atuando por conta própria, tem muitas chances de melhora em organização, otimização do tempo, gestão financeira e resolução de problemas. Se o trabalho informal envolveu lidar com pessoas, essa competência também pode ter sido fortalecida. 

Além do currículo

Agora que você já entendeu como colocar o trabalho informal no currículo e tapar um buraco, tem mais uma dica importante. Na entrevista, essa atitude vai fazer toda a diferença.

Mostre ao recrutador que você está pronto para recomeçar. Durante a conversa, fale sobre como você já se organizou para retornar a um trabalho formal. E você ainda pode falar que essa oportunidade lhe dá uma motivação extra para voltar à rotina com tudo e trabalhar pelos resultados que a empresa busca.

Essa tipo de atitude mostra o quão disposto e interessado você está. E é exatamente isso que faz brilhar os olhos de qualquer recrutador. Eu sei disso porque já passei mais de oito anos recrutando profissionais para as mais diferentes empresas do mercado.

Hoje, o foco é outro: meu propósito é ajudar profissionais que estão comprometidos com sua carreira e buscam recolocação. Eu tenho a vantagem de entender tudo sobre como funciona o processo de recrutamento nas empresas e quero compartilhar isso com você!

Participe da minha próxima aula, é gratuita! 

Inscreva-se aqui


Leia também:

Renata Felix

Renata Felix

“Sua situação atual não define você. Se houver 1% de chances de dar certo, tenha 99% de atitude e determinação”

Nova Palestra Gratuita!
3 TÁTICAS INFALÍVEIS para conseguir um MELHOR EMPREGO que PAGUE O QUE VOCÊ MERECE mesmo que você NÃO TENHA O MELHOR CURRÍCULO
Vagas Limitadas. Reserve seu lugar agora:
Nova Palestra Gratuita!
3 TÁTICAS INFALÍVEIS para conseguir um MELHOR EMPREGO que PAGUE O QUE VOCÊ MERECE mesmo que você NÃO TENHA O MELHOR CURRÍCULO
Garanta sua vaga nesta AULA ONLINE GRATUITA clicando no botão abaixo: