7 coisas para deixar de fazer se quiser ser contratado

Tempo de leitura: 4 minutos

Existem erros muito simples e até pequenos que podem adiar cada vez mais ser contratado em um novo emprego. E exatamente pela simplicidade dessas atitudes e pensamentos, eles continuam não sendo corrigidos.

Mudanças pequenas podem ter grandes impactos na procura por emprego, contanto que elas sejam identificadas como obstáculos e combatidas com constância. Mudar alguns hábitos pode parecer um grande esforço, mas é ainda mais dolorido seguir fazendo o mesmo de sempre em busca de resultados diferentes.

Se quiser ser contratado, deixe de lado:

Atirar para todos os lados
Essa é exatamente o OPOSTO ao que acreditamos no Admirável Emprego Novo. Tanto que criamos a estratégia Sniper, que foca em treinamento para “atirar” seu currículo poucas vezes, mas sempre no alvo!

>>> conheça a estratégia Sniper!

Você vai ver nos pontos seguintes que conquistar um bom emprego (ou o emprego dos seus sonhos) exige algum esforço além do que você já acumulou com educação e experiência. Atirar para todos os lados, como na foto acima, é perda de tempo!

Então, organizar seu tempo, suas ideias, seus objetivos é uma importante etapa do processo. Sim, ser contratado é um processo que começa muito antes de você ser chamado para a entrevista. Organize-se desde o início para não perder o foco e garantir melhores resultados.

  1. Dedicar-se só quando sobrar tempo
    Depois de se organizar (já pensou em usar essa planilha?), é preciso cumprir as tarefas propostas. De nada adianta definir que você vai enviar X currículos por semana (com estratégia!) se você não dedica seu tempo a encontrar as oportunidades que valem a pena.Não basta definir as ações que vão levar você até a contratação, você precisa fazê-las! E quanto mais você faz, mais naturais elas passam a ser.
  2. Colocar limites nos seus desejos
    Sonhar pequeno dá o mesmo trabalho que sonhar grande. Então, não limite seus sonhos de carreira com ideias que impedem o seu crescimento profissional.Se a vaga dos seus sonhos pede uma ou duas experiências a mais, uma ou duas habilidades a mais, não deixe de correr atrás. Mande o seu currículo vencedor, mostre seu potencial, sua disponibilidade de aprender e de ser e fazer mais.

    Há muito mais espaço no mercado de trabalho para quem demonstra a vontade de ir além do que a empresa pede.

  3. Inventar desculpas
    Já passei da idade“. “Não me contrataram porque não gostaram da minha roupa, da minha voz, do meu cabelo.” “Não passei na entrevista porque o recrutador não foi com a minha cara.”Tudo isso já foi dito por pessoas que simplesmente aceitaram ideias como essas como verdades absolutas e pararam de se esforçar. Empresas sérias não julgam os candidatos por nenhum desses critérios, elas avaliam as competências e o potencial dos profissionais que desejam ocupar as vagas.
  4. Mentalidade fixa
    O que você é hoje não define você. Quem tem a mentalidade fixa (ou mindset fixo) se limita a acreditar que talento e traços fixos da personalidade trazem sucesso, ou você tem ou não tem. Acreditam também que essas características não podem ser mudadas.Mas elas podem sim. Quem não sabe cozinhar, por exemplo, vai queimar umas panelas no início. Porém a prática e a dedicação vão desenvolver não uma, mas várias habilidades para conseguir fazer algo bem feito: técnicas com a faca, observação, mistura de ingredientes, tempo de preparo, organização.

    Com a prática não necessariamente vem a perfeição, mas vem o desenvolvimento, o aprendizado e a aceitação necessária para aprender com os próprios erros e ser cada vez melhor.

  5. Acreditar em passe de mágica
    Não existe sucesso do dia para a noite. O sucesso acontece quando há pequenas ações contínuas em direção a um objetivo. Por isso é importante relembrar os dois primeiros tópicos: organize-se e dedique-se diariamente.
  6. Tentar controlar tudo
    Uma importante lição em um dos módulos do curso Admirável Emprego Novo é muito válida aqui: não é possível controlar se você vai ser contratado ou não.A única coisa que está no seu controle é você mesmo/a. Então faça o seu melhor, tenha objetivos claros, envie um currículo impossível de ser recusado, trabalhe a sua autoconfiança e dê show na entrevista de emprego.

    A contratação não é como uma soma simples porque há inúmeros fatores fora do seu alcance, mas agindo sobre o que você tem controle você garante enormes chances de conseguir o que quer.

Leia também:

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.